Ponto da carne

Ponto da Carne de Hambúrguer

Podemos dizer que, os hambúrgueres artesanais são uma tendência deliciosa que chegou para ficar, já que, nada melhor que aliar uma carne de qualidade, temperos exclusivos, e toda a técnica de um mestre do hambúrguer.

Mas, quem aprecia um bom hambúrguer artesanal, sabe que há fatores mais importantes que podem influenciar no sabor final e na experiência de degustação, o ponto da carne é um deles, que é considerado um divisor de opiniões.

Há quem prefira a carne malpassada, ao ponto, ou até mesmo bem-passada, é tudo questão de gosto!

Entretanto, você entende quais são ao certo os pontos que uma carne de hambúrguer pode apresentar? Ou até mesmo sabe como o ponto influencia no sabor? Caso a resposta seja não, explicaremos mais sobre este assunto abaixo.

Pontos da carne para o preparo de um hambúrguer

Como explicamos acima, há diferentes pontos para o preparo de um bom hambúrguer, mas saiba que estes vão muito além de bem-passado, ao ponto e malpassado. Entenda os diferentes pontos de carne que você pode pedir abaixo:

A.      Malpassado

O famoso ponto malpassado, é o resultado de uma carne que passou pouco tempo na chapa, que tem apenas suas bordas seladas. O miolo continua com o aspecto original da carne, mantendo também, grande parte do suco e do vermelho vivo natural.

Para quem realmente gosta do sabor da carne, este ponto é considerado o ideal e correto. O cozimento do centro não ultrapassa os 55 °C.

B.      Ponto Menos

O ponto menos, é um pouco mais passado que o malpassado, mas ainda mantém o miolo um pouco cru.

Mas, as bordas do hambúrguer já aparentam um aspecto mais cozido, deixando apenas o centro avermelhado e úmido, com um pequeno resquício do suco natural da carne. Neste ponto, o cozimento do centro não ultrapassa os 59 °C.

C.      Ao Ponto

Considerado o mais suculento, e também um dos pontos mais pedidos, o ao ponto se caracteriza pelas bordas bem cozidas e firmes, mas com uma cor caramelizada e uma boa faixa do miolo rosado e ainda com suco. Neste ponto, a temperatura ideal de preparo é de até 65 °C.

D.      Ponto Mais

Ao atingir o ponto mais, a carne já ganha uma cor amarronzada devido ao tempo de chapa, chegando a quase tostar as bordas e interior do hambúrguer.

Este ponto, a carne já está dura ao toque e com quase suco em seu miolo, e a temperatura ideal de preparo é de até 69 °C.

E.       Bem Passado

Por fim, o hambúrguer ao ponto bem-passado, já possui sua superfície “torrada”, uma carne com textura rígida ao toque, e também, não apresenta mais a sua consistência natural, estando duro e sem suco no miolo. O centro do hambúrguer atinge no mínimo os 70 °C.

Infográfico ilustrativo dos pontos de carne para o hambúrguer

Outros fatores que influenciam no sabor do hambúrguer

Além do ponto da carne, há outros fatores que podem influenciar no sabor e na experiência de se consumir um hambúrguer artesanal.

A carne utilizada

Para um hambúrguer artesanal, o ideal é sempre misturar mais de um tipo de carne, sendo que essa combinação é bastante comum neste meio, e recebe o nome de blend.

Assim, os melhores cortes considerados para a preparação dos blends são:

•          Acém

•          Patinho

•          Costela

•          Contra-filé

•          Alcatra

•          Peito

•          Picanha

•          Maminha

Outra questão que também influencia e muito no sabor final do hambúrguer, é se a carne possui um pouco de gordura, já que ela será responsável por dar a tão desejada suculência.

Modo de preparo do hambúrguer

Um bom hambúrguer artesanal deve ter as carnes selecionadas e misturadas com as mãos, para que o blend de carnes selecionadas fique bem uniforme, e deve-se evitar compactar muito a carne, caso contrário, o hambúrguer pode ficar duro;

A forma de temperar

O ideal é que o hambúrguer artesanal seja temperado apenas quando a carne estiver na grelha, aí sim pode adicionar sal e pimenta-do-reino apenas de um lado e então colocar este lado para baixo. Após alguns minutos de cozimento, dependendo do ponto desejado, tempere o outro lado, e vire-o.

Este último lado também deve cozinhar um pouco, mas o hambúrguer nunca deve ser apertado com a espátula, apenas virado de uma vez. Essa técnica fará com que se mantenha uma casquinha crocante por fora, mas um interior bem suculento.

São fatores como estes que influenciarão no sabor final de um bom hambúrguer artesanal, claro, há passos a mais que podem ser adicionados, o que pode variar de uma hamburgueria para a outra.

E você, como gosta do ponto do seu hambúrguer artesanal? Independente do seu gosto, na It Burger você vai desfrutar de um dos hambúrgueres mais tradicionais do Tatuapé, com ideias e receitas totalmente inovadoras! Venha ter seu momento It.

It Burger

A It Burger veio para criar tendências e inovar como hamburgueria premium, mas isso não pode ficar somente no discurso. Prezamos por oferecer aos nossos consumidores e amantes da boa comida, o melhor que há em cada matéria-prima, em cada ingrediente e ser cuidadoso em todos os detalhes que envolvem o prazer de comer em com qualidade e em alto nível.

Deixe uma resposta

Fechar Menu